5 Lições de Eva, a primeira mulher criada por Deus

A criação da mulher não foi uma decisão tardia; pelo contrário, o homem foi planejado e criado fisicamente, emocionalmente, social e espiritualmente, já com a futura criação da mulher planejada e assegurada. Na realidade, Deus disse que não era bom ao homem estar “sozinho”; ele precisava da mulher.

Então, do pó da terra, Deus criou o homem, mas a mulher Ele criou da costela do homem, para ser sua ajudadora ou auxiliadora, sendo ela a cópia perfeita do homem, igual a ele em tudo, estando inseparavelmente ligada a ele através do próprio ato da criação.

Contudo, ao olharmos para essa história, podemos até pensar como algo óbvio: Deus criou o homem e viu que ele não estava só, então resolveu criar a mulher para ser sua companheira. Depois disso, Deus lhes deu uma ordem para que não provassem do fruto da árvore do meio do jardim. Pois bem, todos sabemos que a serpente enganou Eva, e ela comeu do fruto proibido, dando igualmente ao seu marido. Após isso, o pecado entrou no mundo e corrompeu a humanidade.

Sim, parece simples, mas quando começamos a estudar a fundo a história de Eva e sua queda, encontramos lições valiosas que precisamos usar no nosso dia a dia. Nós somos extremamente parecidos com Eva e caímos facilmente nas armadilhas criadas pelo inimigo de nossas almas.

Sendo assim, convido você querido leitor a meditarmos juntos e aprendermos com essas valiosas lições de Eva.

5 Lições que aprendemos com a história de Eva

história de Eva

Eva, a primeira mulher criada por Deus, cujo nome significava “aquela que dá a vida”, tinha um plano tão lindo, mas acabou caindo na tentação e pecando. Ao meditarmos em sua história, encontramos lições preciosas. É como se pudéssemos ouvir Eva clamando para que andemos no caminho da obediência a Deus, sem cochiar entre dois pensamentos.

1. Cumpra com excelência o seu chamado

Todos temos um chamado específico da parte de Deus para cumprirmos aqui nesta terra, e nosso dever é realizá-lo com excelência. Eva, a primeira mulher criada por Deus, tinha uma missão de estar ao lado de seu esposo como auxiliadora ou ajudadora.

O próprio Deus se identificou como o “ajudador” de Israel (Êxodo 18:4), palavra que não denota inferioridade; pelo contrário, descreve uma função mais do que digna. Ninguém se desvaloriza assumindo humildemente o papel de auxiliador.

Como “ajudadora” do homem, a mulher se tornou sua parceira espiritual na extraordinária tarefa de obediência (Gênesis 1:28). A mulher, como a melhor amiga do homem, deveria proporcionar conforto e companheirismo (Gênesis 2:23-24). Ninguém poderia encorajá-lo e inspirá-lo mais do que ela, visto que foi criada para isso.

Contudo, o que vemos pela história bíblica é que Eva acabou falhando em sua missão, induzindo seu esposo ao erro também. Que possamos aprender com essa lição: não saia da posição para a qual foi chamado e cumpra isso com excelência, para que você seja honrado por Deus e não envergonhado por Satanás, como aconteceu com esse primeiro casal.

2. Seja grato pelo que você já tem

Sabe, quando olho para a história da desobediência de Eva, percebo que nós nos assemelhamos muito.

Imagine comigo: Eva morava no jardim mais lindo, com todos os tipos de flores, aquela grama verdinha, e os animais mais lindos ao seu redor. Podendo acariciar o leão, o tigre e o jacaré. O leopardo era seu gatinho de estimação. Pense no quanto eles eram felizes e não sabiam.

Todos os alimentos estavam à sua disposição, aqueles frutos suculentos e tão saudáveis, podendo ser colhidos a qualquer hora do dia. No entanto, existia apenas uma árvore, veja bem, apenas uma árvore que Deus os proibiu de comer.

O que aprendo aqui com Eva é que ela, de certa forma, foi ingrata pelos frutos que já tinha. A ingratidão nos faz focar naquilo que ainda não temos, fazendo-nos esquecer de todos os benefícios que já possuímos.

Contudo, a partir de hoje, vamos aprender essa lição com Eva, dar graças a Deus por tudo que já temos. Assim, não vamos cair nas armadilhas preparadas pela serpente.

3. Deus tem os melhores planos para nossas vidas

Você sabia que Deus tinha planos para a vida de Eva? Planos para fazer o bem e não o mal, planos para uma vida feliz, livre de todo pecado. No entanto, Eva pensou em seu coração que Deus poderia estar privando-a de algo quando Ele disse para não comer do fruto da árvore que estava no meio do jardim.

Comigo e com você, acontece exatamente assim. Deus nos dá o livre-arbítrio, o poder de fazer escolhas e tomar decisões. No entanto, Deus nos orienta a seguir pelo caminho estreito, a não nos corrompermos com as concupiscências deste mundo, a cuidar da língua, e, enfim, ao abrirmos a Bíblia Sagrada, temos todas as direções que precisamos para nossas vidas.

Quantas vezes, no entanto, preferimos seguir por caminhos tortuosos, falar mal do próximo, maldizer, ofender, enfim, cometer tantos erros.

Hoje, ao ler essas lições da vida e história de Eva, vamos abrir nossos corações e ouvir a voz de Deus, que nos diz para obedecer aos Seus mandamentos.

4. Revista-se de toda armadura de Deus

Quando olhamos para essa tão interessante história de Eva, podemos perceber que ela estava um tanto distraída, andando com total liberdade, sem sequer estar em vigilância. Ela se aproximou facilmente no terreno encantado de Satanás, e quando pisou ali, foi facilmente iludida pela serpente.

Em Efésios 6:10, o Senhor nos diz para nos revestirmos de toda a armadura de Deus, para que possamos resistir às astutas ciladas do inimigo. Estejamos sempre em oração, atentos, vigilantes e preparados espiritualmente, pois assim teremos discernimento espiritual e não cairemos nas armadilhas do inimigo.

Nesta lição da queda de Eva, aprendemos que se estivermos sem revestimento espiritual, pisamos facilmente no terreno encantado e então podemos cair no laço do passarinheiro. Revista-se hoje com todas as armaduras de Deus e esteja como um soldado pronto para a batalha.

5. O perdão é uma dádiva, as consequências são lições

Quão lindo e infinito é o amor de Deus! Mesmo quando Adão e Eva pecaram, Deus lhes concedeu o perdão; no entanto, eles não ficaram isentos das consequências.

Deus os expulsou do Jardim do Éden, e do suor do próprio rosto, eles teriam que se sustentar. A mulher agora enfrentaria as dores do parto, e estavam sujeitos à morte. Contudo, Deus, como um pai misericordioso, não condenou Eva para sempre, mas disse-lhe que a sua semente esmagaria a cabeça da serpente.

O plano de salvação foi proposto através de Jesus Cristo, que pisou na cabeça da serpente, trazendo esperança para todos que estavam mortos para o pecado.

Da mesma forma, acontece conosco; podemos pecar, mas vamos tirar lições das suas consequências, pois delas não seremos isentos. Sabendo que, se pecarmos, temos um advogado que defende nossa causa e nos chama para mais perto dele.

Nem tudo está perdido; ainda há esperança.

Se você gostou destas 5 lições da vida de Eva, continue lendo aqui:

Sobre o Autor

Indiara Lourenço
Indiara Lourenço

Indiara possui mais de 20 anos de experiência ensinando e pregando. Já atuou em vários ministérios como: infantil, feminino e jovens. Estudante de teologia, também ministra aulas na EBD.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solicitar exportação de dados

Use este formulário para solicitar uma cópia de seus dados neste site.

Solicitar a remoção de dados

Use este formulário para solicitar a remoção de seus dados neste site.

Solicitar retificação de dados

Use este formulário para solicitar a retificação de seus dados neste site. Aqui você pode corrigir ou atualizar seus dados, por exemplo.

Solicitar cancelamento de inscrição

Use este formulário para solicitar a cancelamento da inscrição do seu e-mail em nossas listas de e-mail.