Esposa de Potifar: 2 Lições da História da mulher que tentou seduzir José

A história da esposa de Potifar, não menciona o seu nome, mas pelo seu comportamento, se ele fosse revelado, sem dúvida teria se tornado sinônimo de mulher vulgar e sem vergonha.

Ela era esposa de um homem importante no Egito. Seu marido, Potifar, era o comandante da guarda de Faraó. Ou seja, um homem de destaque na corte egípcia, a nação mais culta, rica e civilizada daquela época.

O porte físico e a beleza de José, herdados de sua mãe Raquel (Gênesis 29:17), despertaram uma forte atração naquela mulher. Que possivelmente, sofria sérios problemas relacionados à carência, uma vez que seu marido era um eunuco do Faraó. Embora, alguns eunucos tivessem esposas, normalmente eram castrados. A fim de não oferecer nenhum risco ao lidarem com as mulheres e concubinas do palácio real.

As carências afetivas da esposa de Potifar, no entanto, não justificavam as constantes investidas sobre seu jovem mordomo que tinha apenas 17 anos de idade. José se recusava a ceder às suas propostas por ser fiel a Deus e também por respeitar o marido dela, que a ele entregara a administração de todos os seus bens e de toda a sua casa, exceto sua mulher.

Ela devia ter respeitado a moralidade de José e até mesmo se envergonhar de ser por ele descartada. Contudo, prosseguiu insistentemente na tentativa de seduzi-lo, até chegar ao ponto de agarrá-lo e arrancar-lhe a roupa.

Ao resistir mais uma vez às suas investidas, José despertou nela o ódio e a vingança. Que ao se sentir rejeitada, se vingou de José invertendo os fatos, acusando-o de assédio sexual, ficando ela como a ofendida e ele como o ofensor.

A esposa de Potifar levou José para a prisão

A mulher de Potifar era tão astuta e perigosa, que ao inverter a história, fez com que José fosse parar na prisão. Ao que tudo indica, Potifar, seu marido não lhe deu muito crédito, pois apenas prendeu José na prisão com alguns políticos que estavam presos.

Sendo que ele poderia nesse caso aplicar uma punição compatível com o crime de que José estava sendo acusado.

Pois, os registros arqueológicos revelam que no Egito antigo, um homem acusado de tentiva de estupro, devia ser punido com mil golpes na sola dos pés e, se o ato fosse consumado, a punição seria a morte.

A leniência de Potifar, sem qualquer dúvida, reflete não somente sua confiança na pessoa de José, como também o pouco crédito que ele dava à sua esposa, entretanto, para salvar sua reputação, acabou por aprisionar o inocente e honrado jovem mordomo.

Dá até para imaginar como aquela mulher se sentiu quando mais tarde, pela providência divina, José se tornou o governador do Egito, ocupando uma posição apenas abaixo do Faraó. A sua sorte foi que José, por ser temente a Deus e dono de um caráter nobre, não era vingativo, sabendo perdoar até mesmo seus inimigos.

2 Lições da mulher de Potifar

lições da história de José e a mulher de Potifar

1. A frustação não é desculpa para o pecado

Embora esta seja uma história de tamanha inverdade, ela nos ensina uma valiosa lição, a qual nos diz que as frustações na vida de uma mulher com seu marido, não devem ser desculpas para o pecado da licenciosidade e do adultério.

O apego a Deus e uma vida de oração, podem ser uma poderosa fonte de ajuda na superação dessas tentações.

2. Deus sempre vai agir pela verdade

A segunda lição que aprendemos com a história da mulher de Potifar e José é que Deus sempre vai agir pela verdade. Mesmo diante da acusação e do risco em que José estava correndo, ele decidiu se manter fiel a Deus e fugir da tentação.

Deus honrou tanto a fidelidade de José que de escravo ele se tornou governador. Ao contrário da mulher, que por sua vez, só deixou uma imagem de mulher vulgar, sem temor a Deus e com sua moral destruída.

Se você gostou deste estudo sobre a esposa de Potifar, continue lendo aqui:

Sobre o Autor

Indiara Lourenço
Indiara Lourenço

Indiara possui mais de 20 anos de experiência ensinando e pregando. Já atuou em vários ministérios como: infantil, feminino e jovens. Estudante de teologia, também ministra aulas na EBD.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solicitar exportação de dados

Use este formulário para solicitar uma cópia de seus dados neste site.

Solicitar a remoção de dados

Use este formulário para solicitar a remoção de seus dados neste site.

Solicitar retificação de dados

Use este formulário para solicitar a retificação de seus dados neste site. Aqui você pode corrigir ou atualizar seus dados, por exemplo.

Solicitar cancelamento de inscrição

Use este formulário para solicitar a cancelamento da inscrição do seu e-mail em nossas listas de e-mail.